Publication:

Pequenas Empresas Grandes Negocios - 2021-10-09

Data:

SERVIÇOS de LIMPEZA e de CONSERVAÇÃO

SAÚDE E BEM-ESTAR

TEXTO PATRÍCIA TRUDES DA VEIGA ILUSTRAÇÃO HAUS OF RECORDS

As redes do setor de serviços de limpeza que criaram protocolos sanitários específicos para a covid−19 conseguiram neutralizar a queda de faturamento puxada pelo encerramento ou pela renegociação de contratos B2B. No primeiro semestre de 2021, voltaram a apresentar resultados positivos. Além do nicho de desinfecção de espaços públicos, “pessoas e empresas passaram a adotar em seu cotidiano práticas de limpeza e higiene para minimizar o contágio do coronavírus em seus familiares, colaboradores e clientes”, afirma o especialista em franquias e varejo José Fugice, CEO do Grupo Goakira. Com o home office, alguns problemas da casa saltaram aos olhos, diz Mércia Vergili, sócia-diretora da consultoria GSPP: “Um estofado velho ou sujo passou a incomodar mais do que no tempo em que a pessoa saía de manhã e voltava à noite, e a limpeza de sofás e cadeiras passou a ser necessária”. O setor de lavanderias precisou se reinventar e surgiram novos modelos de negócio, como o de lavagem por quilo ou sem passar. Impulsionadas por pessoas que trabalhavam em casa e não tinham tempo para cuidar de serviços domésticos, as empresas se adaptaram para receber as peças de manhã e, à tarde, entregar na casa do cliente, segundo a consultora. A agilidade na prestação de serviços e a facilidade na contratação, sem muita burocracia, também passou a ser um diferencial. Ainda que timidamente, o consumidor começa a valorizar empresas com boas práticas ambientais. Dispor de máquinas que gastem menos água e energia virou pré-requisito. FIQUE DE OLHO Grande parte das franquias do segmento é homebased, isto é, o negócio é tocado de casa pelo próprio empreendedor. O formato pede disciplina e ambiente reservado, para não misturar questões familiares com profissionais. Também é preciso gostar de se relacionar com pessoas, tanto para conquistar a clientela quanto para administrar e treinar as equipes, que são a alma do negócio e têm relação direta com o faturamento.

Images:

© PressReader. All rights reserved.