ANTES DE DECIDIR

2022-07-28T07:00:00.0000000Z

2022-07-28T07:00:00.0000000Z

Infoglobo Conumicacao e Participacoes S.A.

http://revistapegn.pressreader.com/article/282351158524707

COMO EMPREENDER NA ESTÔNIA

A Estônia foi o primeiro país a lançar um programa de residência digital, em 2014. Desde então, algumas outras nações, como Lituânia e Portugal, lançaram seus próprios programas. Os vistos para nômades digitais também se tornaram mais comuns e hoje são oferecidos por uma série de países. A recomendação de Leonardo Freitas, especialista em imigração e CEO da consultoria Hayman-Woodward, é comparar as vantagens e desvantagens de cada programa e dos seus países. “A Estônia é muito competitiva na parte de impostos. No entanto, seu clima frio pode não ser muito atrativo para os brasileiros”, avalia. Se o objetivo for obter uma permissão de residência permanente ou um passaporte europeu, segundo ele, o país não é o destino mais indicado. Ele ressalta que mesmo o visto de nômade digital estoniano tem limitações quanto à permissão de viajar por outros países da União Europeia. “Hoje, os passaportes mais fáceis de obter como brasileiro são o português e o espanhol.”

pt-br