Revista Pequenas Empresas Grandes Negocios

A IMPORTÂNCIA DE UMA BOA REDE DE CONTATOS

Cultivar relacionamentos com as diferentes pontas do seu negócio é importante para fazê-lo crescer. Saiba como melhorar a comunicação com todas elas

Antes de mais nada, vale entender de quais grupos estamos falando. Dentro de qualquer negócio, é fundamental que o empreendedor mantenha um bom canal de comunicação com três pontos de interesse: os clientes, os fornecedores e os parceiros de segmento. Confira algumas formas de manter a conexão sempre em dia, além de fortalecer os vínculos:

Com os clientes

No auge da pandemia, os canais digitais tiveram de ser priorizados. E, embora o cliente tenha voltado para os pontos de venda presenciais, eles viraram um complemento necessário para o consumidor conhecer serviços e produtos, e também para a comunicação entre ele e a loja. Uma pesquisa da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) mostra que no segmento de alimentação e bebidas, por exemplo, 83% dos estabelecimentos utilizam algum tipo de plataforma digital para relacionamento com clientes.

Conhecer melhor o consumidor é combustível para fazer o negócio crescer: “É um ponto de partida essencial. Ao saber quem é ele, é possível pensar em ações para atraí-lo e fidelizá-lo. Nas trocas presenciais ou pelos canais digitais, o empreendedor pode obter dados importantes, como saber se seu público é formado por mais homens ou mulheres, se há mais jovens ou mais velhos, os horários de maior procura por seus produtos ou serviços, qual o tíquete médio... A partir daí, o dono do negócio pode pensar em estratégias para engajá-los mais”, explica Indianara Dias, head de ESG das plataformas Bees e Zé Delivery, da Ambev. Por isso, promover encontros para ativação, convidar para experimentação, conversar pelas redes sociais são ações bem-vindas.

Com os fornecedores

Empreendedores e fornecedores podem se tornar mais conectados quando atuam juntos para a melhoria do negócio. E o investimento em qualificação tem a ver com isso. José Eduardo Camargo, líder de conteúdo e inteligência da Abrasel, afirma que quando o fornecedor investe no empreendedor, ajudando-o a se qualificar para enfrentar os desafios diários — como entender de gestão financeira, por exemplo —, isso é bom também para o mercado porque, a partir daí, o empreendedor passa a fazer melhores escolhas de consumo. “Apoiar o empreendedor em ações como essa fortalece vínculos e melhora o canal de comunicação”, resume Camargo.

Com os parceiros de segmento

Ninguém entende melhor as dores do negócio como alguém que passa por situações parecidas. Por isso, estar em contato com pessoas que trabalham com algo semelhante ao que você faz é importante para compartilhar vivências e soluções. Como “dar uma passadinha” no negócio daquele conhecido nem sempre é fácil, vale ficar atento a encontros promovidos por associações ou empresas que costumam agregar gente que tem os mesmos interesses. Como o Encontros Bora, da Ambev. Eles reúnem os parceiros do segmento de bares e restaurantes, que dividem preocupações e experiências do dia a dia. “É uma oportunidade de conexão e de aprendizado”, diz Indianara Dias.

A inclusão produtiva é um compromisso da Ambev.

Com iniciativas estruturadas em educação, apoio financeiro e conexões, a companhia tem a ambição de incluir produtivamente 5 milhões de pessoas até 2032.

APRESENTADO POR

pt-br

2023-11-03T07:00:00.0000000Z

2023-11-03T07:00:00.0000000Z

https://revistapegn.pressreader.com/article/281569475431663

Infoglobo Conumicacao e Participacoes S.A.